IMENSIDÃO

A natureza é sábia.

Nos dá o sol, a chuva, estrelas, lua, fauna e flora, belezas em por do sol, raios e trovões, mares, lagos, águas que se transformam em ondas, gelo, quedas d'água que nos presenteiam com arco-íris. Nos dá dias e noites, nos dá a dimensão do que somos diante dela: figurantes em seu cenário.
A natureza é avassaladora com seus terremotos, tsunamis, furacões, tempestades, avalanches e nos mostra quão impotentes somos diante de sua fúria.
Sabemos que temos que nos curvar e admitir a fragilidade humana.
A natureza é uma força incontrolável e inesperada, trapaceia as previsões da ciência que quer domá-la. Exerce seu poder transformador e muda o que quiser, sem nenhuma chance de controle.
Fazendo parte da natureza, também temos nossos dias de fúria, de lago tranquilo, de terremotos existenciais, de geleiras sólidas, de estrelas cadentes.
A lua nos determina ciclos, as estrelas nos apontam caminhos.
A microscópica situação humana é irrelevante diante de tamanha força.
É só isso que sou, um grão de areia sem nenhuma importância.
E, só por isso, tento inventar meu mundo, construir minha natureza.
Assim, quem sabe, encontre um outro mundo, construído por outra pessoa, onde seja possível descontrolar as marés.
E deixar que as águas rolem, que o tempo mude, que a árvore cresça, que o ar envolva.

24 comentários:

  1. A natureza responde o que o homem faz.
    Agora estamos vivendo momentos tensos sem chuva.
    Desde criança escuto que a água pode acabar, que temos que economizar.
    Anos após a realidade mostra-se cada dia mais verdadeira.
    O homem muda a natureza, e a natureza responde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BELL,

      estamos conseguindo ser Deus às avessas, pois afinal tudo o que Ele criou, nós estamos estabanadamente e de forma irresponsável, destruindo!

      Um abração carioca.

      Excluir
  2. Olá!!!!!
    O seu mundo com certeza será mais belo, terno e cheio de pessoas que ainda possuam muita humanidade e capacidade de doar-se. Que o seu torne-se realidade, ou que pelo menos seja real através da vontade e das palavras, ai compartilha com a gente, vou gostar muito!!!
    Abraço, Rê!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CÈLIA REGINA,

      vou compartilhar mesmo, pode aguardar!!!

      Um abração carioca.

      Excluir
  3. Pois é, meu querido amigo, eu acredito em nossos pequenos gestos de gentileza, eu acredito em nossos sonhos, eu acredito na arte e que tudo isso pode nos aproximar da natureza e não de forma predatória. Mas isso exige uma revolução do ser, não é mesmo! Então, façamos a nossa revolução pessoal e aí quem sabe poderemos ser agentes de outras tantas mudanças. bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  4. CYNTHIA,

    é exatamente através desta consciência que tornaremos os humanos seres mais confortáveis com eles mesmo!

    No entanto e sendo realista, que tem muita gente jogando contra, não resta a menor dúvida.

    Porém, a maioria é inteligente desde prisca eras sempre soubemos nos superar e fomos capazes até de não perder definitivamente para a Peste Negra na idade média que praticamente dizimava a humanidade.

    Acredito!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  5. Paulo, nada mais somos que poeira cosmica, somos feitos da mesma materia das estrelas e apenas comecamos a acordar para os misterios que envolvem o Espaco e o Tempo. Temos apenas uma escolha: melhorar a Vida no Planeta e conhecer o Universo que nos criou ou podemos desperdicar esses bilhares de anos de heranca em uma auto destrucao sem razao de ser. Resta-nos, atraves de nossas palavras, despertar consciencias para que "as aguas rolem, que o tempo mude, que a arvore cresca, que o ar envolva" Lindas palavras..Parabens....Um gr abr fluminense

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIDNÉA,

      acho que é por aí mesmo!

      Um abração carioca e fique com Deus!

      Excluir
  6. Que lindo texto Paulo!
    Me toca em especial esses :
    "dias de fúria, de lago tranquilo, de terremotos existenciais, de geleiras sólidas, de estrelas cadentes."
    Abraços mil

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LILLY,

      obrigado pela sua leitura e generosidade!

      Um abração carioca.

      Excluir

  7. O que me deixa triste é saber que tudo isso pode ter fim , e vamos nos perguntar:
    Cadê o encanto da poesia?
    A singela beleza,
    Dos rios, dos pássaros,
    Do verde da natureza?

    Cadê a opulência,
    Da personificação?
    Ai de tu Paulo Tamburro! , ai de tu poeta!
    Ah quem fará invocação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ADRYANA,

      com você a palavra, afinal tenho plena consciência das minhas mais explícitas limitações.

      Obrigado por tudo e principalmente pela sua competente atenção aos nossos textos.

      Um abração carioca.

      Excluir
  8. Paulo,
    Acho que me expressei mal, desculpe . A palavra é sua e são lindas palavras, palavras que nos toca a alma. O que eu almejei dizer, é que no andar da carruagem que estamos não protegendo a natureza os verdadeiros poetas como vocês vão ficar sem a natureza para invocar, parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ADRYANA,

      desculpas desnecessárias,absolutamente desnecessárias, pois,foi sábio o seu comentário,realista e quem ousaria dele discordar?

      Grato Adryana,volte sempre,pois, você enriquece muito este blog e fique com Deus!

      Um abração carioca.

      Excluir
  9. Irrelevante, sem dúvida! Que coisa bonita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LUINHA,

      que coisa bonita foi você ter participado e identificado desta forma.

      Obrigado e um abração carioca.

      Excluir
    2. Paulo, o homem insensato e vaidoso acredita que a inteligência pode mudar e moldar, a natureza qdo agredida, exige seu espaço de volta,Texto tocante ,
      um belo grito!
      Abçs!

      Excluir
    3. dina,

      veja só o que os donos do mun do estão fazendo no co ntimente africano.

      É uma desvastação total, natural ,animal e humana.

      Agora, eles que se cuidem pois o Ebola bateu nas portas do mundo, e antes já foi a Aids,amanhã coisa muito pior.

      Nada fica impune, contra a natureza!

      Um abração carioca.

      Excluir
  10. Descontrolem-te as marés, mas sem inundações. Bom reler-te, rever-te... Um beijo daqui, do coração. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MENINA DO RIO,

      a alegria fica toda comigo!

      Creia e não suma novamente.

      Promete?

      Um abração carioca.

      Excluir
  11. Gostei demais
    do "figurantes no cenário",
    do "que as árvores cresçam"...
    Muito bom.

    abraço

    ResponderExcluir
  12. LOURAINI,

    esta é a maior satisfação de quem escreve , tentando ser verdadeiro e buscando sejam nos cenários, sejam nas árvores o crescimento de todos.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  13. Que alegria ler
    tão belo texto seu.
    Encantada deixo
    um abraço e meu desejo de
    um belo sabado..
    Bjinxs
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  14. CATIAHO,

    igualmente, e sempre muito honrado com sua presença.

    Abração carioca.

    ResponderExcluir